Uma das características mais românticas do Red Chalet é uma história que o liga à igreja do outro lado da praça. 

A pitoresca “Nossa Senhora dos Navegantes” conquistou o seu nome a partir de uma longa história enquanto igreja de uma comunidade piscatória. Durante centenas de anos, os homens da aldeia partiriam para enfrentar os perigos do mar. Alguns voltariam, outros não. 

Esposas e filhas reuniam-se na praça da igreja para cantar as suas orações, pedindo o regresso em segurança de maridos e pais, levantando as suas vozes em ecos pelas ruas de paralelepípedos da praça. 

Uma porta secreta no Red Chalet abre-se para uma escada escondida, que termina no terraço onde, muitos, muitos anos atrás, o proprietário original da villa se sentava e escutava enquanto os habitantes da cidade cantavam as suas canções. Canções do mar, canções estas, que eram dedicadas aos bravos pescadores de Armação de Pêra. 

 

Latest Stories

O maior recife natural de Portugal

O recife de Armação de Pêra é o maior recife natural de Portugal e estima-se que tenha mais de 25 mil anos. Outrora parte da costa original do Algarve, acredita-se que abrigue 70% das espécies indígenas da costa. Quarenta e cinco destas espécies foram apenas recentemente descobertas em Portugal e, incrivelmente, 12 delas a nível mundial.

Capela dos Ossos, Alcantarilha

Portugal é lar de várias capelas de ossos, uma das quais fica a uma curta distância de carro do Red Chalet, e pode ser encontrada atrás da igreja da pequena aldeia de Alcantarilha.

O Mercado de Peixe, Armação de Pêra

Numa das mais antigas vilas piscatórias do Algarve, o mercado de sábado de Armação de Pêra é famoso em toda a região pela sua vitrine de generosidade do mar. Desde robalo e salmonete recém-pescados, às amêijoas e marisco, os métodos tradicionais dos pescadores locais garantem a qualidade e a sustentabilidade.

In partnership with:

PURE Life Experiences