• en
  • de
  • pt
LOCAL INFO

Praias

 
Praia Salema

Praia da Salema

A Salema é uma localidade da freguesia de Budens, situada no concelho de Vila do Bispo, na zona mais oeste do Algarve. Salema está localizada na base de uma arriba em torno da praia com o mesmo nome e faz parte do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Algarvia. A vila de Salema é uma das poucas comunidades que tem uma pequena frota de pesca indígena de barcos coloridos tradicionais, ainda lançados a partir da praia (mas agora com a ajuda de um tractor), que é lançada ao mar para apanhar sargo, cavala, sardinha e polvo que se pode saborear grelhados frescos nos restaurantes locais na mesma noiteA praia de areia e levemente inclinada, é ideal para a natação e segura para as crianças. Existe um serviço de salva-vidas nos meses de verão. A qualidade de água do mar é excelente. Há uma dúzia de Bares / Restaurantes em Salema, um punhado de lojas de presentes e alguns minimercados.

Burgau Beach

Praia do Burgau (10km distância)

Integrada na povoação do Burgau, é uma praia de carácter urbano e marca o limite poente do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. O areal estende-se ao longo de uma pequena enseada abrigada das intempéries que funciona como porto piscatório e onde ainda se praticam formas artesanais de pesca, sendo utilizadas artes como o covo, a rede de amalhar ou o aparelho de anzol. Também aqui, à semelhança do que acontece na Salema, é possível observar o regresso dos barcos à praia depois da faina e petiscar depois o polvo, a moreia ou o sargo, nos restaurantes da povoação. Os utentes da praia dividem assim o areal com os barcos de pesca e respetivo estaleiro. Nas arribas encontra-se uma fortificação do séc. XVII e as ruínas de uma torre altaneira do séc. XVI.

praia da luz

Praia da Luz (12km distância)

A praia associa-se a uma pequena estância balnear muito cosmopolita, onde uma marginal calcetada acompanha a frente de mar, oferecendo esplanadas solarengas e alguma animação. A marginal, ladeada por grandes palmeiras, funde-se a poente com as muralhas da fortaleza originalmente construída para proteger a Igreja da Luz dos ataques dos Mouros. No sopé da muralha, já na praia, uma extensa plataforma rochosa de cores quentes e muito esculpida pelo mar exibe fósseis marinhos e alguma da vida da faixa entre marés: anémonas, cracas, lapas e burriés, envoltos num tapete de algas verdes. Fora do alcance das marés crescem nestas rochas de tons ocres plantas típicas das arribas como o limónio. Para nascente, a arriba eleva-se, acinzentada e muito ravinada pela escorrência das águas.

costa vicentina

Mata Nacional do Barão de São João (12km distância)

Inserida no Património Natural do Município de Lagos, a Mata Nacional de Barão de S. João oferece um conjunto de infraestruturas que permitem ao visitante praticar actividades desportivas ao ar livre e usufruir de todos os benefícios resultantes do contacto com a natureza. A Mata dispõe de percursos pedestres devidamente sinalizados, circuito de manutenção e parque de merendas.

cordoama beach

Praia da Cordoama (14km distância)

A praia da Cordoama situa-se ao norte do Cabo de São Vicente, a leste da Praia do Castelejo e a oeste da Praia da Barriga. Possui acesso de carro por estrada alcatroada e dois parques de estacionamento. A praia é muito bonita e tranquila, tem um extenso areal rodeado de falésias, o mar é bravo, com bastante ondulação. Na praia desagua um pequeno riacho. 

martinhal beach

Praia do Martinhal (17km distância)

Situa-se para nascente da vila de Sagres e embora se encontre abrigada da ondulação dominante e dos ventos de oeste e sudoeste pela Ponta da Baleeira (onde se situa o porto de Pesca de Sagres), é ainda assim bastante ventosa devido aos persistentes ventos de norte que entram pelo amplo vale que se estende para o interior. As águas são porém calmas e convidam à prática de windsurf e de mergulho, sendo frequentes as visitas subaquáticas aos bonitos ilhotes de natureza calcária que se situam ao largo da praia, famosos pelas suas reentrâncias rochosas e grutas submarinas.

ponta da piedade

Ponta da Piedade (20km distância)

A Ponta de Piedade é um monumento natural turístico de Lagos, no Algarve em Portugal. É composta de várias formações rochosas do tipo falésia, com até 20 metros de altura aproximadamente, sendo um dos pontos turísticos de maior interesse fotográfico da região. No local, é possível de se visitar as diversas grutas existentes garantindo uma experiência turística agradável e única.

meia praia

Meia Praia (22km distância)

O areal da Meia Praia acompanha a ampla baía de Lagos, nascendo junto ao molhe nascente da Ribeira de Bensafrim e alongando-se por mais de 4 Km até à barreira arenosa da Ria de Alvor. Para poente avista-se ainda a cidade de Lagos, com os leixões que se estendem mar adentro. O horizonte é espraiado, entre as dunas baixas da praia e as colinas suaves e muito verdes que se estendem para o interior, revestidas por manchas de pinhal e matos de barrocal com alfarrobeiras e oliveiras dispersas. Uma rede de passadiços sobrelevados percorre grande parte do areal, permitindo a preservação da vegetação dunar que se adensa na frente de mar, onde dominam plantas como o feno-das-praias, o estorno, o cardo-do-mar, o trevo-de-creta e o vistoso narciso-das-areias.

amado beach

Praia do Amado (23km distância)

É uma praia ampla, embora não tão extensa nem exposta quanto a Praia da Bordeira, que se estende ao longo de três vales. A norte, dominam os tons vermelhos e laranjas nas arribas e a passagem pelo sítio do Pontal é obrigatória, pela paisagem deslumbrante, pelo lapiás calcário (rocha muito rendilhada pela erosão) e ainda pelo curioso abrigo de pesca da Zimbreirinha, onde os barcos se fundeiam em plataformas de madeira suspensas na arriba. A sul, o cinzento do xisto volta a dominar a paisagem. A vegetação encontra-se atapetada pelos ventos frequentes.

bordeira

Praia da Bordeira (24km distância)

Na Bordeira, o negro do xisto interrompe-se para dar lugar a uma arriba de natureza calcária, de cores claras e quentes, abrindo possibilidades à diversificação da vegetação. Na praia, os extensos campos dunares, que avançam pelo interior até à povoação da Carrapateira, marginam a Ribeira da Bordeira, que forma ocasionalmente uma laguna de águas tépidas perto da foz e onde ainda é possível avistar lontras. São também de assinalar os pinhais dunares de pinheiro-manso, com árvores enormes e antiquíssimas, sendo algumas utilizadas como armazém agrícola dado o diâmetro da sua copa. O areal é vastíssimo, com mais de 3km de comprimento, mas exposto aos ventos marítimos e prolonga-se, quase sempre deserto, até à Pedra de Matez, enorme rochedo de tonalidade avermelhada, a norte.

arrifana

Praia da Arrifana (50km distância)

Esta praia nasce numa bonita enseada em forma de concha, abrigada da fria nortada e das ondulações de norte, onde existe um núcleo piscatório. O areal é comprido mas estreito e encontra-se marginado por altaneiras arribas de tom negro, com destaque para a Pedra da Agulha, um leixão com uma forma particular, que se tornou um ícone da costa sudoeste. Existem boas condições para a prática de mergulho no extremo norte da praia, sendo também esta uma das praias de eleição para a prática do surf e bodyboard. A vista panorâmica da Fortaleza da Arrifana, actualmente em ruínas, é deslumbrante. Mais a norte, na Ponta da Atalaia, famosa pelos seus percebes, existem vestígios de um Ribat muçulmano, um convento-fortaleza de grande valor arqueológico.